terça-feira, 1 de julho de 2014

Quisera eu ter asas


Quisera eu ter asas
Para voar nos teus braços.
Para quebrar o silêncio do nosso espaço.
Envolver as ondas do tédio
Nos nossos sonhos rasgados.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca