sábado, 4 de janeiro de 2014

VIDA PERFUMADA

 VIDA PERFUMADA

A vida é bela e perfumada
Dádiva florida como um jardim

Ave rara, esquecida , perdida
De asa partida, ferida, escondida

Rasguei o véu das sombras da noite
Desvendei as chaves dos meus segredos

Sinto o sabor do mel, da água salgada
Vivi e vivo, deixei viver, amei e foi amada.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca