sábado, 21 de dezembro de 2013

"LIVRE E SOLTA"

 "LIVRE E SOLTA"

Erguer a cabeça, como um pássaro livre
Sem amarras, sem algemas, coração solto
Vivo, alegre, como uma águia que voa
Alto nas montanhas e serras

Quando aprisiona-se uma alma livre
Ela seca , morre e nunca mais canta
Chora por se ver preso a uma gaiola
Mesmo que seja dourada e bela

A beleza está em ver uma alma feliz
Cheia de vida, de amor, de saudade
Observar a linda manhã e agarrar com
Todas as mãos a vida, sorrir e acreditar.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca